Início Sports Shady El Nahas, do Canadá, ganha prata na prova até 100kg no...

Shady El Nahas, do Canadá, ganha prata na prova até 100kg no Mundial de Judô

8


Shady El Nahas subiu ao pódio no campeonato mundial de judô pela primeira vez ao conquistar a medalha de prata na categoria até 100 quilos na quinta-feira.

El Nahas, de Toronto, enfrentou Zelym Kotsoiev, do Azerbaijão, na grande final. O campeão mundial júnior de 2017 saiu na frente após um minuto ao marcar um waza-ari e defendeu as tentativas de contra-ataque de El Nahas.

El Nahas avançou para a grande final ao derrotar Aaron Fara da Áustria, Zelimkhan Bashaev do Bahrein e o eventual medalhista de bronze Dota Arai do Japão antes de enfrentar o também canadense Kyle Reyes na semifinal.

A partida foi para a prorrogação, onde Reyes recebeu o terceiro pênalti, permitindo ao El Nahas avançar para a final da medalha de ouro.

ASSISTA l El Nahas ganha prata na final masculina até 100kg:

Shady Elnahas, de Toronto, conquista medalha de prata no Campeonato Mundial de Judô

Shady Elnahas, de Toronto, conquistou a prata na final masculina dos 100 metros quilos no Campeonato Mundial de Judô de 2024, em Abu Dhabi.

Reyes, de Toronto, enfrentou Nikoloz Sherazadishvili, da Espanha, pela medalha de bronze, mas mais uma vez sofreu três pênaltis em uma partida que foi para a prorrogação.

Na competição feminina, Ana Laura Portuondo Isasi, de Montreal, foi derrotada pela indiana Tulika Maan na luta de abertura da categoria acima de 78kg.

A prata de El Nahas foi a terceira medalha do Canadá no campeonato mundial. Christa Deguchi, de Lethbridge, Alta., ficou com a prata e Jessica Klimkait, de Whitby, Ontário, conquistou o bronze na prova até 57 kg de segunda-feira.

ASSISTA l El Nahas conquista o ouro nos Jogos Pan-Americanos:

MEDALHA DE OURO: Shady El Nahas, de Toronto, vence a luta pelo campeonato masculino dos 100 kg dos Jogos Pan-Americanos

Shady El Nahas, de Toronto, venceu o chileno Thomas Briceño na disputa pela medalha de ouro no judô masculino -100 kg nos Jogos Pan-Americanos de Santiago.



Fuente