Início Melhores histórias Milhares de pessoas protestam em Israel, pedindo a expulsão de Netanyahu e...

Milhares de pessoas protestam em Israel, pedindo a expulsão de Netanyahu e o retorno dos reféns.

8

Milhares de manifestantes antigovernamentais se reuniram no sábado em frente ao Ministério da Defesa israelense em Tel Aviv, renovando os apelos pela renúncia do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e um cessar-fogo em Gaza que permitiria o retorno dos reféns feitos durante o ataque liderado pelo Hamas em 7 de outubro.

Um manifestante ergueu uma placa que chamava o Sr. Netanyahu de “inimigo de Israel”, enquanto outros se cobriram com sangue falso e bandagens e ficaram deitados na rua.

Parentes e familiares de reféns têm feito manifestações de rua semanais desde outubro para pressionar o governo a trazer seus entes queridos para casa. Alguns reféns foram libertados como parte de um cessar-fogo temporário em novembro e outros foram resgatados. Mas mais de 100 permanecem em Gaza. Não está claro quantos ainda estão vivos.

Noa Argamani, uma refém resgatada da custódia do Hamas em 8 de junho, pediu a libertação dos reféns restantes em um vídeo do Fórum de Reféns e Famílias Desaparecidas, que representa famílias de reféns mantidos em cativeiro em Gaza.

“Devemos fazer todo o possível para trazê-los de volta para casa”, disse a Sra. Argamani no vídeo. Ela foi sequestrada e levada para Gaza junto com seu parceiro, Avinatan Or, em 7 de outubro. Ele ainda está detido.

Efrat Yahalomi, irmã de Ohad Yahalomi, um refém franco-israelense que foi retirado do Kibutz Nir Oz, disse que era “incrivelmente doloroso” saber que reféns israelenses estavam definhando no cativeiro.

“Quase nove meses se passaram, e eu ainda estou aqui com o coração pesado, enquanto você, Ohad, ainda não está aqui”, disse ela em um comunicado divulgado pelo fórum.

Fuente