Início Melhores histórias Fortes chuvas atingem o sul da China, matando pelo menos 9 pessoas

Fortes chuvas atingem o sul da China, matando pelo menos 9 pessoas

8

Fortes chuvas atingiram o sul da China durante o fim de semana e terça-feira, provocando deslizamentos de terra e causando o colapso de estradas e casas à medida que os rios transbordavam.

Os deslizamentos de terra e as inundações repentinas mataram pelo menos nove pessoas na província de Fujian e na vizinha Guangdong, a província mais populosa da China. Dezenas de pessoas permaneciam presas ou desaparecidas até terça-feira.

Dias de fortes chuvas forçaram milhares de pessoas a evacuarem e deixaram mais de 100 mil famílias sem energia quando a região foi inundada.

Até segunda-feira, pelo menos 17 rios haviam subido acima dos níveis de alerta em Guangdong, segundo a mídia local. A província tem uma população de cerca de 127 milhões de pessoas.

Imagens de vídeo mostraram pontes desabando em rios caudalosos e destroços flutuando pelas ruas da cidade depois que centenas de edifícios desabaram.

Enquanto as autoridades e as equipas de resgate tentavam controlar o dilúvio no sul da China, as autoridades enfrentavam o problema oposto no norte, que foi devastado pelas altas temperaturas e pela pouca ou nenhuma precipitação. O calor gerou alertas sobre danos às lavouras em áreas agrícolas em diferentes partes do país. O Ministério das Finanças da China disse na terça-feira que alocou 61 milhões de dólares para ajudar no replantio, irrigação e fertilização em áreas afetadas pelo calor recente e pela falta de chuva.

Autoridades da província central de Henan, na China, aumentaram na semana passada a quantidade de água que flui de um reservatório local para aliviar a seca.

Na tarde de terça-feira, o principal líder da China, Xi Jinping, registou as vítimas e disse que os esforços de controlo e prevenção de cheias serão cada vez mais desafiantes à medida que a China entra na sua época anual de cheias, segundo a imprensa estatal.

As autoridades alertaram que o mau tempo deve continuar. Na terça-feira, a Administração Meteorológica Nacional emitiu alertas para tempestades e deslizamentos de terra nas províncias do sul que já foram atingidas por fortes chuvas. Também alertou que nas áreas do norte, as temperaturas podem ultrapassar os 100 graus Fahrenheit.

Em Abril, quase 20 mil pessoas foram evacuadas do norte de Guangdong quando nove rios correram o risco de transbordar.

No ano passado, chuvas invulgarmente fortes perturbaram a colheita de trigo de verão em Henan. Apenas algumas semanas depois, quase 1 milhão de pessoas foram forçadas a evacuar a vizinha Hebei e aldeias adjacentes em torno de Pequim, quando as chuvas mais fortes em mais de um século atingiram o norte da China, irritando os moradores cujas casas e fazendas foram inundadas quando as autoridades desviaram as águas das enchentes para poupar o capital.

Fuente