Início Melhores histórias Ciclone Remal atravessa Bangladesh, matando pelo menos 13

Ciclone Remal atravessa Bangladesh, matando pelo menos 13

9

Pelo menos 13 pessoas morreram e milhões ficaram sem energia em Bangladesh depois que o ciclone Remal, a primeira tempestade tropical da temporada, atingiu o país e o vizinho leste da Índia no domingo.

Remal, que mediu ventos de mais de 110 quilômetros por hora, deixou um rastro de destruição, arrancando árvores e danificando linhas de energia em toda a região, disseram autoridades.

A tempestade danificou ou destruiu mais de 35 mil casas nas áreas costeiras de Bangladesh, afetando cerca de 3,5 milhões de pessoas, segundo autoridades. Mais de 13 milhões de pessoas perderam eletricidade na noite de segunda-feira, segundo funcionários do Ministério da Energia. O país do sul da Ásia tem uma população de 170 milhões.

A tempestade também causou cortes de energia e danificou casas no estado indiano de Bengala Ocidental.

A tempestade ocorreu após semanas de calor intenso na região, com temperaturas atingindo cerca de 104 Fahrenheit, ou 40 Celsius. Remal chegou perto do porto de Mongla, no sul de Bangladesh, e das vizinhas Ilhas Sagar, na Índia, por volta das 21h de domingo.

Cerca de um milhão de pessoas foram evacuadas das aldeias costeiras de Bangladesh antes da chegada da tempestade. A maioria dessas aldeias foi inundada, deixando milhões de pessoas vulneráveis, disseram as autoridades.

“À medida que o ciclone Remal atinge as zonas costeiras do Bangladesh, mais de 8,4 milhões de pessoas, incluindo 3,2 milhões de crianças, correm elevados riscos de saúde, nutrição, saneamento e segurança”, disse Sheldon Yett, representante da UNICEF no Bangladesh, num comunicado.

A capital do interior de Bangladesh, Dhaka, foi atingida por fortes chuvas e ventos fortes. A tempestade interrompeu os voos no Aeroporto Internacional Shah Amanat, no sudeste de Bangladesh, e no Aeroporto de Calcutá, na Índia.

Na terça-feira, a tempestade havia enfraquecido, mas meteorologistas em Bangladesh e na Índia alertaram que chuvas fortes e ventos fortes poderiam continuar por alguns dias.

Bangladesh foi atingido por várias tempestades violentas nos últimos anos. Em Maio passado, um ciclone severo, Mocha, atingiu Bangladesh e Myanmar e deixou várias pessoas mortas. A tempestade causou danos generalizados nos extensos campos de refugiados Rohingya em Cox’s Bazar, destruindo mais de 3.000 barracos e centros de aprendizagem feitos de ripas de bambu e lonas plásticas.

As Filipinas também viram a primeira tempestade tropical da temporada. O tufão Ewiniar atingiu a nação insular na manhã de sábado. O Gabinete de Defesa Civil informou na segunda-feira que houve sete vítimas da tempestade. A tempestade teve rajadas de mais de 64 quilômetros por hora, de acordo com a Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas.

Saif Hasnat e Suhasini Raj contribuiu para a reportagem.

Fuente