Início Política A mídia canadense é alvo de interferência estrangeira, diz presidente do comitê...

A mídia canadense é alvo de interferência estrangeira, diz presidente do comitê de segurança nacional

14

O presidente da comissão de segurança nacional do Parlamento afirma que intervenientes estrangeiros estão a tentar interferir nos meios de comunicação canadianos e que os jornalistas e os seus chefes precisam de estar cientes disso.

O deputado liberal David McGuinty afirma que todos os meios de comunicação social, incluindo os principais meios de comunicação social, estão a ser sujeitos à interferência de maus actores, mas acrescenta que não pode divulgar detalhes porque a informação é confidencial.

Os meios de comunicação social foram apontados numa análise recente da Comissão Nacional de Segurança e Inteligência dos Parlamentares (NSICOP), presidida por McGuinty.

Afirma que a China e a Índia estão a interferir no conteúdo dos meios de comunicação canadianos através do envolvimento direto com jornalistas e executivos dos meios de comunicação.

O relatório afirma que houve casos em que a China pagou para publicar artigos de comunicação social sem atribuição, patrocinou viagens de meios de comunicação social à China, pressionou jornalistas a retirarem artigos e criou contas falsas nas redes sociais para espalhar desinformação.

O relatório também afirma que a Índia desenvolveu uma rede de contactos através da qual conduz actividades de interferência envolvendo jornalistas, membros de comunidades etnoculturais e deputados.

O relatório redigido baseia-se em informações secretas, que muitas vezes não apresentam um quadro completo e não equivalem a provas.

Fuente